BUSQUE POR PALAVRAS

INSTAGRAM

@spicy_lojas

Áustria – O Glamour da Capital e o Charme de Seus Lagos

5/05/2014
Áustria.

Viajar para a Áustria pode surpreender você. O país tem uma história muito rica e sua cultura grita à vista, em especial na capital Viena, que transparece, em sua arquitetura, o supra-sumo do estilo clássico da Europa ocidental. Então embarque nesse texto da Spïcy com diversas informações sobre cidades, presentes, gastronomia e muito mais.

Sobre a Áustria

O nome Áustria vem de Österreich, que significa império do leste. Isso porque o Império Autro-Húngaro foi dominante na Europa por um longo período antes da 1ª Guerra Mundial. Hoje, seu território é muito menor do que já foi, e o país é uma federação de nove estados. Cada um possui cultura distinta, mas para nós, brasileiros, talvez a única diferença escancarada seja aquela entre o lado rural e a região que abrange Viena — cidade que, sozinha, tem ¼ da população do país, e é considerada uma metrópole europeia. Em geral o povo se parece com os alemães, apesar dos austríacos serem patrióticos e não gostarem da comparação. A língua, pelo menos, é a mesma, com diferença apenas no sotaque.

As paisagens típicas da Áustria são as montanhas dos Alpes, os campos e os lagos. É um clima temperado continental, e o termômetro no verão costuma variar entre 25º e 35º C; no inverno, atinge os -10º C. Há diversos lagos de águas mais aquecidas que, protegidos pelas montanhas contra o vento, oferecem uma relaxante opção turística para quem curte nadar e se banhar ao ar livre.

Sempre que viajamos, gostamos de trazer lembranças típicas do local. No caso da Áustria, são três presentes típicos: a) o óleo de semente de abóbora verde, especialmente da região de Styria; b) a geléia de apricot (Aprikosengelee), muito comum no país para comer com pão, que por sinal é um alimento levado muito a sério; c) e por fim o ice wine (eiswein), uma obra prima da vitivinicultura; seu processo é tão complexo que uma videira inteira resulta em apenas uma garrafa. Não é à toa que seu preço é alto: é uma experiência única. Chegando ao Brasil, a melhor maneira de consumir a raridade é numa taça de cristal à altura, como as da Riedel, referência no ramo.

Link da marca: http://www.spicy.com.br/riedel

A capital Viena

Se existe uma capital cuja arquitetura sintetiza toda a cultura clássica europeia, ela é Viena. Suas construções remetem muito a um povo que respira cultura, e de fato a cidade tem muito disso. A Casa de Mozart, por exemplo, fica numa estreita e charmosa rua de Viena. Por falar nisso, não deixe de apreciar um concerto ou ópera ao vivo, encontradas também em preços acessíveis. Existem aos montes, e além disso a Vienna Opera House possui um tour de 40 minutos pelo backstage das produções.

Outro ponto essencial de parada é a Catedral de St. Stephen, no centro histórico. Outro cartão postal é o Schönbrunn Palace, com sua estrutura monumental rococó com mais de 1.400 quartos; sem contar seus jardins (Burggarten), em especial na primavera, onde há um festival de flores no parque em frente a palácio.

Viena é uma cidade que tem a cultura dos cafés, da moda e do alto estilo. Um passeio pelo centro histórico é prova viva disso: são diversos cafés entre uma loja de grife e outra. Isso faz com que a cidade seja mais cara que outras capitais europeias. Mas vale a pena. Além disso, o povo é tão educado e polido (especialmente os mais velhos) que os metrôs sequer possuem catracas: o respeito é muito grande entre todos. Uma aula de etiqueta!

Dica extra: aproveite um dia de sua estada em Viena e pegue um ônibus para Bratislava, a capital da Eslováquia. Elas são as capitais mais próximas do mundo (1h20 de viagem, com paradas), e o que vai impressionar é o choque arquitetônico entre uma cultura ocidental e outra que foi, por muitas décadas, dominada politicamente pela ex União Soviética.

Áustria muito além de Viena

Saindo da zona urbana, uma das opções é a vila alpina histórica dePinswang, muito próxima da região da Bavária, na Alemanha, e que por isso carrega a cultura bávara. Bregewz também é uma cidade bem charmosa, e fica na mágica região entre a montanha de Pfänder e Lake Constance. Para esquiar, vale a pena conhecer o ski resort em St. Anton.

Zell am See é um lago glacial de montanha e possui muitos resorts que valem a investida. De junho a setembro acontece o Magic Lake Show e torna a experiência ainda mais impressionante. Durante o verão, em todas as quartas-feiras acontecem festivais musicais e artísticos noturnos. O detalhe: a água do lago é perfeitamente potável.

E por falar em lago, não pode faltar na sua viagem uma visita a Wörthersee. Esta é uma das altas atrações europeias no verão e já foi, no sec. XIX, o local onde as famílias mais ricas vinham passar as férias. Ou seja, espere um certo glamour na alta temporada. O motivo é um só: imagine poder nadar num lago onde a temperatura da água varia de 21° a 25° C, sem ventos, de tons azulados e cristalinamente pura. Isso tudo rodeado por paisagens incríveis.

Culinária austríaca

Para apreciar a verdadeira gastronomia local, procure os restaurantesGasthaus ou Gasthof, que são mais tradicionais, têm respeito às receitas típicas e oferecem refeições variando entre 6 e 8 euros, dependendo da localidade em relação à zona turística. Quanto aos pratos, um dos mais pedidos é o Wiener Scnhitzel, o bife de vitela panado servido com batatas e rodelas de limão. É semelhante ao bife à milanesa, mas o schnitzel de viena é frito em manteiga ou banha de porco. Também há versões que, em vez de vitela, usa-se carne de porco ou de peru.

Knödel é um bolinho de massa frito e que pode ser de trigo, semolina, pão velho, batata inglesa etc. É ainda mais gostoso quando vem recheado.Tafelspitz é um corte de carne similar à picanha, e é cozida numa sopa de verduras e servida com purê de batata e/ou maçã, maionese de cebolinha picada e espinafres, ou de acordo com a moda da casa.

Para beber, arrisque um G’spritzer, vinho servido misturado com água mineral. Já para sobremesa, experimente um apfelstrudel, o conhecido folhado de maçã, que é tradicionalíssimo na Áustria e possui variações dependendo do restaurante ou da província.

Aproveite nossas dicas e faça uma boa viagem!

Fontes:

http://wikitravel.org/en/Austria

http://www.austria.info/

TOPO