BUSQUE POR PALAVRAS

INSTAGRAM

@spicy_lojas

O Design na Cozinha: Tendências, Cuidados e Sugestões

2/09/2014
Design na Cozinha

O mês de julho na Revista Digital foi dedicado inteiramente à cozinha, a especialidade da Spïcy. Para encerrar com sobremesa, o tema do post da semana é aquilo que mais encanta numa casa bem decorada: o design, justamente deste cômodo tão especial. Confira abaixo algumas tendências, cuidados no planejamento e sugestões de arquitetos e decoradores para você ter mil ideias de como criar a cozinha dos seus sonhos mais gourmet.

Tendências e sugestões

Na opinião de especialistas, as cores vibrantes chegaram para ficar de vez, mas desde que sejam apenas complementares. Por exemplo: armários amadeirados e/ou brancos são mais sóbrios; se os armários tiverem frisos em laca em tons vermelhos, bordô, azuis ou mesmo verdes, eles quebram a sobriedade do ambiente. As cores vivas não podem ser predominantes, especialmente em áreas pequenas, pois cores vibrantes causam a ilusão óptica de reduzir o espaço.

A contramão dessa ideia, mas igualmente na moda, é arriscar uma cozinha em preto e branco, intercalando bancada, tampões, armários, eletrodomésticos e detalhes nas cores. Fica a dica para quem preza por elegância acima de tudo.

Cozinha simples ou sofisticada? Independente do gosto, a cozinha que é planejada para os dias atuais precisa unir beleza e praticidade. Um exemplo dessa máxima é a presença cada vez mais comum, independente da cara do ambiente, de puxadores embutidos e corrediças telescópicas (com amortecedor). Elas facilitam o dia-a-dia e ainda valorizam o ambiente, deixando tudo à mão sem deixar partes dos móveis expostos a esbarrões.

Quanto ao estilo da cozinha, fique atento às dicas do seu designer para unir seu gosto pessoal com as expectativas que você tem do ambiente. Exemplo: uma cozinha simples, porém moderna, pode ganhar esses ares se uma das paredes for decorada com os adesivos próprios para parede. Os adesivos especiais podem ser de temas de alimentos, cozinhas gourmet, ou mesmo personalizados ao seu estilo de vida, como imagens relacionadas a música ou cinema.

Outra sugestão, porém mais sofisticada, é incluir plantas ao ambiente. Uma grande mesa de cumaru ou similar (de preferência de madeira reflorestada), bem visível, não apenas quebra a modernidade dos eletrodomésticos, como ainda inclui o elemento madeira ao ambiente, relacionado, no Feng Shui, à prosperidade e à família. As plantas, ervas e temperos naturais podem ficar em vasinhos no centro da mesa, harmonizando o verde das folhas ao marrom da madeira.

Para quem gosta de ares ultramodernos, industriais ou de cozinhas de alto padrão de restaurantes, estão em voga as bancadas feitas com inox sob medida. O aspecto fica ainda mais valorizado com portas e tamponados também em inox, além de eletrodomésticos e utensílios no estilo. Escolha uma cor para aqui e ali quebrar com o ar metálico, para não sobrecarregar sua impressão visual.

Uma dica para quem aprecia o estilo inox e quer incrementar a cozinha, é conferir a linha de produtos da WMF. É uma marca exclusiva da loja e de vendedores premium de algumas cidades alemãs, suíças ou francesas — e da Spïcy, no Brasil. Não oferecemos apenas produtos nesse acabamento, mas, de panelas a infusores de chá, de facas profissionais a eletrodomésticos, o inox definitivamente é o tema destaque da WMF. Confira aqui: http://www.spicy.com.br/wmf

Cuidados ao planejar o espaço

O sistema de iluminação embutido nos móveis também embeleza o ambiente, pois você pode focar a luz apenas onde pretende usar. Luz geral não valoriza os detalhes e as sub-áreas da cozinha. Além do mais, para quem prefere a cozinha tipo americana, a iluminação embutida ainda facilita para que a luz de um espaço não interfira no bem estar do outro. Só não se esqueça de planejar a fiação e o ponto elétrico para os interruptores.

Aliás, atenção ao posicionamento das tomadas, ligação de gás, tamanho dos eletrodomésticos e à dimensão dos móveis. No caso desses dois últimos, é bom que você, ao planejar a cozinha, tenha os eletrodomésticos antes de encomendar os móveis; ou ao menos tenha em mente um modelo do aparelho que pretende comprar muito em breve, para saber suas medidas antes de sentar com o decorador ou arquiteto. Seria muito frustrante sair quebrando algo que você acabou de construir porque a geladeira não coube, ou ainda ver que o microondas ficou dançando no armário.

Quanto às ligações de gás, lembre-se que o forno de embutir deve estar próximo a ela, e que a entrada é pela lateral do aparelho. Já os modelos convencionais de fogão de piso têm a entrada de gás por trás. E se sua cozinha é ou será de bancada, é importante que ela tenha bocas de tomada embutidas no frontão ou na parte superior. É aconselhável que uma das tomadas seja 220V. De resto, é aproveitar a praticidade desta cozinha, onde todos os eletrodomésticos têm vez a qualquer hora.

Cozinhas Pequenas

O essencial numa cozinha pequena é aproveitar os espaços e valorizar o ambiente. Armários embutidos são a solução na maioria dos casos. Fique atento à quantidade de armários, porque, falando de design, a presença de muitas portas e tampas dão impressão de sufocamento e não passam elegância à cozinha. Ou seja, para cozinhas pequenas você também terá que selecionar muito bem quais os utensílios essenciais que irão figurar no espaço, pois não vale a pena encher todos os cantos com armários e compartimentos.

Temos que ficar de olho para que o excesso de móveis “para aproveitar o espaço” não obstrua ou dificulte a passagem. O ideal é ter 120cm de passagem (duas pessoas lado a lado), mas, na falta de opção, deixe pelo menos 60cm. Já o balcão (dica que vale para qualquer cozinha) deve ter próximo a 90cm de altura e 60cm de largura. Uma outra saída, se você tem como ajustar a casa para as mudanças, é tentar integrar a cozinha à sala de estar, fazendo da bancada (que vai servir de mesa) a divisória entre o espaço da cozinha e a sala — criando uma cozinha americana, que vale uma dedicatória especial nesse post.

Cozinha Americana: ser gourmet é também ser social

A cozinha tipo americana é aquela em que possui um balcão ou ilha central e que não separa com parede fechada o ambiente da sala. Nas bancadas ficam as bocas do fogão embutido ou as bocas do cooktop. Começou a figurar nas casas modernas há cerca de uma década porque, culturalmente, o ato de cozinhar tornou-se mais que o preparo da refeição: virou uma ocasião social. E é mesmo. Com o design da cozinha americana o(a) chef não deixa de sociabilizar com os amigos enquanto tempera o queijinho, prepara um aperitivo ou cuida da refeição principal, pois continua ouvindo e vendo os amigos ou familiares que estão na sala de estar curtindo vinho, conversando ou vendo TV. No entanto, ao projetar o design dos ambientes, dê contraste entre eles, para que não se tenha a impressão de que é um cômodo só.

Com o design da cozinha americana o centro das atenções definitivamente vira o fogão. Por causa da localização do fogo, que está no centro do ambiente, e também para evitar que o cheiro da comida agrida o ambiente da sala de estar, é essencial ter um depurador de ar ou coifa capaz de dar conta do recado. Para complementar, ao redor da bancada você deve instalar banquetas que combinem e dêem estilo à mesa (no caso, a bancada, quando a refeição for mais casual). Dependendo de como você organizar os utensílios e a disposição dos eletrodomésticos, os convidados vão ficar com a boa impressão de que a sala de estar possui uma área gourmet integrada.

Ideias, ideias, ideias. Se nossa equipe, que trabalha com cozinha e design todos os dias, já ficou fervilhando com as sugestões da Revista Digital, imagina você, que chegou nesta página justamente para se inspirar. Mas se sua cozinha já está prontinha e você não quer mudar tão cedo, confira na loja Spïcy os produtos que por si só mudam a personalidade do ambiente. Confira.

(*) Fontes:

www.vidaeestilo.terra.com.br

www.cozinhadesign.in78fo

TOPO