BUSQUE POR PALAVRAS

INSTAGRAM

@spicy_lojas

Turismo Francês: os costumes dos locais no verão da França

13/02/2015
Turismo Francês

Você já pensou em curtir suas viagens à Europa com os costumes do povo local? Ou seja, em vez de “turistar” como todo mundo visitando os cartões postais do país, já imaginou as experiências divertidas que a tradição local pode oferecer a você?

Confira então nessa matéria especial alguns dos costumes de veraneio da França. Se você tem um conhecido por lá, aproveite em suas férias para ele mostrar ainda mais detalhes dessa viagem no mais puro espírito francês.

Alguns costumes da estação

Na França, o jeito de aproveitar o verão passa despercebido por quem não é dali. Os franceses, e principalmente parisienses, evitam os locais muito turísticos, e por isso seus reais costumes nem sempre são notados por quem visita o país.

O próprio hábito alimentar muda nesta estação: os franceses consomem com mais frequência os produtos frios, como saladas de tomate com basílico, tabule, carpacio e frutas da estação, como damascos, pêssegos e morangos. Como sempre muito saudáveis.

Jogos e piqueniques da capital

Em Paris, quem trabalha e não pode viajar durante o verão sempre arranja um jeito de espairecer. Uma dessas grandes atrações de fim de semana é a Caça ao Tesouro. As subprefeituras criam um desafio cheio de enigmas, num jogo cujos participantes (moradores e amigos locais) montam equipes que saem em busca de pistas em seu próprio bairro. E eles levam bem a sério essa busca! Cada pista leva a outra, e geralmente são trocadilhos e jogos de palavras que indicam o próximo check-point. O objetivo é descobrir, ludicamente, os esconderijos do próprio bairro (restaurantes, lojas, pequenos comércios, pontos históricos). Quem completa o desafio tem direito a participar de um sorteio municipal que premia em forma de bens de consumo, viagens ou mesmo dinheiro.

Outro costume muito forte e amado, e não só por parisienses, é o piquenique. Ao longo do Sena já é possível avistar casais e grupos de amigos com toalhas estendidas, cestas repletas de petiscos, lanches e vinho. Mas nos canais menos turísticos a atividade fica bem mais evidente. Os jovens parisienses adoram passar o fim da tarde ao longo dos canais comendo, bebendo vinho, jogando conversa fora ou, simplesmente, jogando. Jogos de cartas e de adivinhações são os mais populares. Os piqueniques acontecem ao longo dos canais, parques, praças, ruas ou, no caso de Paris, nas “praias de Paris” — bancos de areia dispostos ao longo de rios e canais espalhados pela cidade. Qualquer cantinho serve, já que é raro um morador de Paris ter o luxo de possuir uma sacada ou um jardim em sua residência. Nos encontros, muitas vezes os grupos de amigos ficam coladinhos uns aos outros, dada a quantidade de pessoas que buscam esta forma de lazer. Existe até um verbo em francês que equivale a “piquenicar”.

Por falar em jogos de cartas, os franceses são grandes fãs. É bem comum encontrar bares descolados que alugam gratuitamente caixas e kits de jogos para passar o tempo, como o nosso “Imagem e Ação”, “Personalidade” e outros de adivinhação e conhecimentos gerais. É sempre uma atração para o jovem parisiense que não tem dinheiro para viajar, mas quer aproveitar o calor fora de casa.

Festivais e Tour de France

No verão, e não só na França, acontecem festivais de todos os tipos: música, teatro, gastronomia etc. O maior festival de teatro da Europa, por exemplo, acontece durante o mês de Julho em Avignon, no quente sul da França, com peças internacionais realizadas em espaços públicos (pátios de escolas, casas de ópera e até em palácios) e centenas de peças nacionais disputando todos os dias a preferência dos milhares de turistas. Aliás, os festivais costumam acontecer entre maio e setembro, em épocas de clima quente ou ameno, para aproveitar a maior movimentação turística interna e vinda de fora do continente.

E quem nunca ouviu falar do Tour de France? Este é o circuito de ciclismo mais famoso do mundo, com etapas disputadas tanto em cidades de planícies bucólicas quanto em montanhas de estradas íngremes. É uma tradição tão grande que, durante todo o percurso das dezenas de provas (que acontecem quase todos os dias do mês de julho), muitos franceses e turistas europeus ficam na beira das estradas aguardando a passagem dos competidores.

Outro festival pontual, mas muito festejado na França inteira, é o feriado nacional de 14 de Julho, celebrando a Tomada da Bastilha que levou, em 1789, à Revolução Francesa. É uma data recheada de paradas militares, festas de luzes (retraite aux flambeaux) e muita queima de fogos de artifício.

As atividades mais procuradas pelos franceses

Contemplar todas as atrações que os franceses buscam em suas férias de verão seria uma longa tarefa. No entanto, a Revista Digital pesquisou algumas atividades específicas que sempre têm forte apelo. Agora você vai saber como é que os locais aproveitam suas folgas:

  • – Ciclismo na Normandia: atividade física em praias históricas;
  • – Velejar na Bretanha: na região, que é quase uma península, os ventos são favoráveis para quem quer aprender o esporte;
  • – Cavalgar no Vale do Sena: diversas fazendas afastadas dos centros urbanos oferecem a atração; no sul da França (Camargue) há uma grande tradição de cria de cavalos de raça;
  • – Atividades históricas em Vendée: são passeios que visitam pontos marcados pela influência de diversas culturas na formação francesa, como as invasões romanas, vikings, e mesmo guerras entre ingleses e franceses;
  • – Trilhas em Languedoc: são montanhas baixas e propícias para quem ama explorar a natureza; o Vale Royal em Provença também oferece esse tipo de atração.

 Mas, em geral, quem pode viajar durante o verão costuma ir para três lugares:

  • – Explorar as montanhas francesas (para trekking, nas baixas, ou ski, nos Alpes);
  • – Curtir o mar nas regiões e balneários costeiros, principalmente na costa mediterrânea;
  • – Ou mesmo ir à Espanha, já que a crise barateou a viagem para os franceses.

Este é um tema para a última postagem da série especial sobre a França, que vai explorar as principais praias do país. Confira em breve na sua Revista Digital.

Fontes:

http://www.telegraph.co.uk/

Alice Berger, parisiense.

TOPO